8 segredos sobre a produção sobre gabinetes para eletrônica

8 segredos sobre a produção de gabinetes para eletrônica

Não importa se você é engenheiro, técnico ou apenas tem interesse pela área  os projetos eletrônicos exigem conhecimento aprofundado e não somente em eletrônica. Isso porque os gabinetes para eletrônica embalarão o projeto e devem garantir a sua usabilidade, funcionalidade e estética.

Dessa forma, é importante conhecer o desenvolvimento deste produto para escolhê-lo da maneira correta. Conheça, neste artigo, 8 segredos que ninguém te contou sobre gabinetes plásticos para eletrônica!

1. Você pode escolher a cor que quiser

Os gabinetes para eletrônica utilizam o Poliestireno sintético na sua fabricação. Este é um material usado na fabricação de diversos produtos, por exemplo copos descartáveis, escovas e pentes. A diferença é que, no caso dos gabinetes, utiliza-se o poliestireno de alto impacto, que é um tipo mais resistente.

Como este material não é transparente ele consegue receber pigmentação, o que é uma vantagem uma vez que isso permite a personalização dos gabinetes, incluindo nele a cor que quiser.

2. É possível mudar as furações dos gabinetes para eletrônica

Suas ideias não tem limites. Há muitos gabinetes plásticos no mercado com as furações padronizadas. Elas são bem aceitas, mas caso você tenha ideias durante o projeto que exijam modificações saiba que isso é possível sim.

Os gabinetes para projetos de eletrônica sem moldes permitem alterações com bastante facilidade, tornando possível melhorias do projeto e até ideias inovadoras.

3. Não é preciso de um alto investimento inicial

A utilização de moldes para injeção plástica na fabricação do protótipo do seu projeto eletrônico é a etapa mais cara de todo o processo. Isso acontece devido ao maquinário e à matéria-prima utilizada, que ainda possuem valor maior do que outras opções de produção existentes no mercado.

Porém, uma forma de viabilizar o projeto, com custos mais baixos de investimento, é desenvolver o projeto do gabinete sem a necessidade de moldes no processo.

4. A fabricação do gabinete é mais rápida do que você imagina

Mais uma vantagem dos gabinetes para eletrônica que não utilizam moldes é a rapidez com a qual acontece o seu processo de montagem. Isso porque utiliza-se a tecnologia PMTP onde corta-se chapas planas de plástico em fresadoras CNC. Em seguida, elas são sobradas e soldadas umas nas outras.

Ou seja, é um processo bem rápido, sem etapas intermediárias a essas. E isso acontece graças a automação dos equipamentos, garantindo que você consiga colocar o seu produto de forma rápida no mercado.

5. Você determina a posição dos insertos metálicos

Seguindo a padronagem, os insertos metálicos M3/M4 ou M5 são instalados por meio de calor ou ultrassom, após a moldagem. Entretanto, em se tratando dos gabinetes para eletrônica sem moldes, é possível determinar a posição deles ainda na etapa do projeto. Dessa forma, há mais praticidade no processo e há otimização na utilização e funcionalidade dos produtos.

6. Pequenas produções também podem ser realizadas

Quando se produz gabinetes para eletrônica sem a utilização de moldes, não há quantidade mínima de peças a serem produzidas. Ou seja, projetos para poucas quantidades também podem ser feitos e isso não gera inviabilização financeira.

Outra vantagem da possibilidade de pequenas produções é a não necessidade de estoque. Isso porque você pede apenas o que for necessário para suprir a sua demanda.

Além disso, também é possível realizar melhorias nas peças quando você solicitar novas produções. Dessa forma, é mais fácil se adaptar às necessidades mercadológicas.

7. Diversos protótipos podem ser feitos até se chegar ao produto final

É normal que um projeto precise de melhorias ou correções ao longo do processo. E os gabinetes para eletrônica sem moldes possibilitam a execução das mudanças que forem necessárias para garantir o melhor produto final.

Isso acontece porque o projeto é feito no Autocad, um software que envia as informações para a fresadora, iniciando, então, a produção rápida do protótipo. Com essa peça nas mãos, com características do produto final, pode-se verificar a eficiência dela, bem como a sua usabilidade.

Dessa forma, se necessário, aplicam-se mudanças no projeto para que ele atinja a perfeição, de acordo com cada objetivo.

8. Sustentabilidade agrega valor ao seu produto

Atualmente muito se fala sobre a sustentabilidade na produção. Sabe-se, também, que produtos eletrônicos precisam de descarte apropriado, em locais específicos. E que existe reciclagem de lixo eletrônico em diversas cidades do país.

Portanto, visando colaborar com a sustentabilidade os gabinetes para eletrônica são feitos de Poliestireno de Alta Densidade (PEAD). Este material é termoplástico, portanto, reciclável. O PEAD é um plástico inquebrantável, resistente a baixas temperaturas, leve e impermeável.

Sobre a Eplax

Em um projeto há diversas variáveis a serem consideradas, uma vez que elas interferem na sua qualidade. Se este for o seu primeiro, este artigo te ajudará bastante a entender sobre elas.

Mas se você já possui experiência na produção de gabinetes para eletrônica e sabe o quão importante esses detalhes são, deve também ficar de olho na escolha da empresa para a sua produção.

A Eplax é uma empresa especializada na produção de caixas plásticas e gabinetes para eletrônica que utiliza tecnologia sem moldes e ferramentas especiais. Com isso, ela consegue proporcionar alta personalização e custos menores.

Fale com a gente para fazer o seu orçamento!

A Eplax Soluções e Tecnologia é uma empresa que desenvolve caixas plásticas e gabinetes plásticos para eletrônica, através de uma tecnologia diferenciada sem uso de moldes ou ferramentas especiais.

Confira Mais artigos

Grandes empresas usam essa tecnologia nas caixas para eletrônica
13 de julho de 2022

Grandes empresas usam essa tecnologia nas caixas para eletrônica

Frases de motivação

Sobre o Autor

Renato Cossari

Sou mentor de Gestão Empresarial para as micro, pequenas em diversos nichos. Com a mentoria e aplicado na prática as técnicas do Básico mas bem executado, consegui ajudar empresários a saírem do estágio 0 , de empresas quase quebrando, para o maior estágio 5, faturando consistentemente 6 dígitos anuais, apenas com técnicas, habilidades e ferramentas básicas e bem feitas para os resultados do negócio.