História do plástico e utilização em Caixas para eletrônica

História do plástico e utilização em Caixas para eletrônica

Se você tem interesse em saber mais sobre a história do plástico e a utilização em Caixas para eletrônica, e como ele ganhou a importância que tem nos dias atuais, continue acompanhando este artigo!

Tudo começou com a Parkesina

O inglês Alexandre Pakers, por volta de 1860, deu início há estudos referentes ao nitrato de celulosa. Este é um tipo de resina que ganhou, por causa dele, o nome de “Parkesina”. O material, que era utilizado em seu estado sólido, possuía como características principais ser flexível, resistente à água, possuir cor opada e ser de fácil cobertura com pintura.

Por volta de dois anos mais tarde, em 1862, Parker apresentou ao mundo amostrar do que podemos considerar como o material antecessor do plástico. Ele assim o fez em uma exposição nacional, em Londres.

Neste mesmo ano, John Wesle Hyatt (1837-1920) deu início a pesquisas visando o desenvolvimento de um material que fosse semelhante ao marfim. Ele assim o fez quando uma empresa, fabricante de bola de bilhar, lançou um concurso que oferecia 10 mil dólares para encontrar quem pudesse encontrar o material. Isso porque a empresa encontrava dificuldades para comprar marfim, que era sua matéria-prima, para execução das bolas.

Alguns anos mais tarde, em 1870, Hyatt aperfeiçoou o material e conseguiu, pela primeira vez na história, uma matéria prima plástica artificial, a celuloide. Entretanto, este nome apenas foi registrado em 1872, quando o material ficou mais conhecido. Inclusive, a partir dele que se deu a nomenclatura das matérias-primas plásticas que se criou através da sua utilização. E este material se tornou um sucesso pelos anos seguintes, sendo um marco na história do plástico!

O surgimento do Poliestireno

Ainda que tenha surgido por volta de 1930, o poliestireno apenas começou a ser comercializado na Alemanha em 1936.

Alguns anos mais tarde, em 1949, foi aberta a primeira fábrica do material em São Paulo, a Bakol S.A. Dessa forma, iniciou-se a comercialização do Poliestireno de Alto Impacto. Este é o material utilizado para a fabricação de peças plásticas e caixa para eletrônica, assim como os gabinetes para montagem de eletrônica que a EPLAX produz.

Já nos anos 60, F. H. Lambert desenvolveu um processo de moldagem de Poliestireno expandido. E foi isso que possibilitou a substituição de umas série  de matérias-primas, as quais a humanidade utilizou por milhares de anos. Algumas delas foram: o vidro, madeira, algodão, celulose e metais

Além disso, foi este processo que possibilitou à população de baixa renda o maior acesso aos bens de consumo, porque através dele foi possível substituir matérias-primas de origem animal. Algumas delas, por exemplo, foram o couro, a lã e o marfim.

O impacto da história do plástico no mundo atual

Após a descoberta de materiais como o Poliestireno, polietileno, PVC, Nylon e poliéster começaram a surgir outros materiais plásticos, os quais possuíam características físico-mecânicas como a alta resistência ao calor. Estes são os conhecidos polímeros, ou tecnopolímeros.

Ainda hoje, muito se investe no plástico, buscando sua evolução constante para aplicação na sociedade atual. Entretanto, após 1945 a matéria-prima plástica já era muito importante na vida das pessoas. Isso porque ela substituiu muitas outras matérias, inclusive o aço.

Além disso, ela mudou todo o conceito de forma e de ergonomia do produto. Ainda, ela mudou a utilidade de objetos os quais o homem estava acostumado a consumir no seu dia a dia.

Desde este ano, portanto, as demandas por produtos descartáveis não parou mais de crescer, atingindo hoje as mais diversas áreas. Por exemplo, o lazer, eletrodomésticos e eletroeletrônicos e até peças técnicas, como aquelas produzidas pela EPLAX.

Atualmente, a história do plástico é tão importante como a sua participação no progresso da humanidade.

Gostou de saber essas curiosidades sobre a história do plástico e sua importância? Continue acompanhando nosso blog com muito mais informações de qualidade relacionadas!

A Eplax Soluções e Tecnologia é uma empresa que desenvolve caixas plásticas e gabinetes plásticos para eletrônica, através de uma tecnologia diferenciada sem uso de moldes ou ferramentas especiais.

Confira Mais artigos

A Eplax oferece uma tecnologia inovadora para os gabinetes plásticos
22 de junho de 2022

A Eplax oferece uma tecnologia inovadora para os gabinetes plásticos

Gabinetes Plásticos para montagem de eletrônica sem uso de moldes especiais
21 de junho de 2022

Gabinetes Plásticos para montagem de eletrônica sem uso de moldes especiais

Acrílico
15 de junho de 2022

Acrílico X Fabricação de gabinetes plásticos para montagem de eletrônica

Frases de motivação

Sobre o Autor

Renato Cossari

Sou mentor de Gestão Empresarial para as micro, pequenas em diversos nichos. Com a mentoria e aplicado na prática as técnicas do Básico mas bem executado, consegui ajudar empresários a saírem do estágio 0 , de empresas quase quebrando, para o maior estágio 5, faturando consistentemente 6 dígitos anuais, apenas com técnicas, habilidades e ferramentas básicas e bem feitas para os resultados do negócio.